Roteiro de 4 dias em Sydney – Dias 1 e 2

Quantos dias ficar em cada lugar é sempre uma questão quando montamos o roteiro de uma viagem, especialmente quando se trata de um lugar tão distante quanto a Austrália… Entre um ajuste e outro, decidimos ficar 4 dias inteiros em Sydney..

Dia 1: Hyde Park, Royal Botanic Gardens, Opera House, Circular Quay, Harbour Bridge e The Rocks.

Chegamos por volta de 6:30 da manhã e até fazer imigração e transporte, entramos no hotel por volta das 8:30 (via táxi – que foi bem caro devido ao trânsito por causa do horário – 70,00 AU$)
A hospedagem em Sydney é caríssima, especialmente no centro. Mas como dessa vez optamos por ficar em um local a partir do qual pudéssemos explorar a cidade na maior parte do tempo a pé, preferimos a região do CBD (Central Business District), então encontrei o Megaboom City Hotel. Fica super bem localizado e, apesar de pouco tempo de funcionamento, tinha boas referências no TripAdvisor e no Booking. A tarifa foi de R$ 334,00 por diária. O hotel é simples mas bem novinho e limpo.

image

image

image

image

Deixamos as malas no hotel e fomos pra rua. Andamos uns 5 minutos até o Hyde Park onde passamos no Anzac Memorial e na St.Mary’s Cathedral.

image
Hyde Park

 

image
ANZAC Memorial
image
St.Mary’s Cathedral

Ali perto também está a Galeria de Arte do Estado de Nova Gales do Sul (Art Gallery NSW).
Seguindo no mesmo sentido, logo chegamos no Royal Botanic Garden, um jardim enorme e lindo, que está completando 200 anos agora em 2016.

image

image

Fomos em direção à Mrs.Macquaries Chair. Lugar bem na ponta da baía, do qual da pra ver a Opera House e a Harbour Bridge.

image

image

Seguimos até a Opera House, onde compramos os tickets pro tour guiado (37,00 AU$ cada) e pegamos o próximo tour. O passeio é bem legal, dura cerca de 1h e você aprende um pouco sobre a história do local e visita algumas das salas e partes internas do teatro.

image

Depois do tour almoçamos na região entre a Opera House e a Circular Quay (porto de onde saem os ferrys do transporte), e seguimos de volta ao hotel passando pelo bairro The Rocks, bem na cabeceira da Harbour Bridge.

Esse primeiro dia foi intenso, mas bem aproveitado. Especialmente no primeiro dia, é bom fazer atividades ao ar livre, no sol, pro corpo de adaptar ao fuso horário. À noite ainda fomos jantar em Newtown e já aproveitamos pra comprar o cartão Opal Card (funciona em todo o transporte público aqui – ônibus, ferry, trem/metrô).

Dia 2: Taronga Zoo e caminhada entre as praias de Coogee e Bondi.

Saímos do hotel e fomos até a Circular Quay. O ferry pro zoológico sai da doca 2. E ali mesmo você pode comprar o ingresso que custa AU$ 46,00. Eu indico comprar o ingresso antes de partir, assim você chega no outro lado da baía e já pode pegar um bondinho que te leva à entrada principal e começar a explorar o zoo. Caso contrário terá que ir até a entrada embaixo onde os tickets são vendidos. Chegamos perto das 9:30, horário que abre, e ficamos até perto das 14h. Mas se quiser explorar com calma ou se estiver com crianças pode separar um dia inteiro pra ele. O zoológico é incrível, tem muitos animais diferentes, uma estrutura impecável e de quebra uma vista linda da baía de Sydney. É um passeio imperdível!

image

image

image

image

image

image

image

image

image

image

Pegamos o ferry de volta à Circular Quay e na rua em frente entramos no ônibus 373 que leva até a praia de Coogee, em cerca de 30 minutos. Ali começa a coastal walk, uma caminhada de cerca de 6km por trilhas e decks (com algumas escadas) entre a praia de Coogee e Bondi, passando por belíssimas praias como Bronte e Tamarara e por paisagens incríveis. Levamos cerca de 2h, parando muitas vezes pra fotos.. Chegando em Bondi tem vários restaurantes/bares na beira da praia, pra relaxar e comer alguma coisa. Leve água, ou pelo menos as garrafas, pois há água filtrada disponível pelo caminho. Voltamos ao CBD com o ônibus 380. Mas pelo que pudemos ver todos os ônibus que passam em frente à praia de Bondi vão até o centro.

image

image

image

O segundo dia também foi bem puxado, mas como a previsão do tempo pros próximos dias era nublado/chuva, tentamos otimizar as atividades ao ar livre… A parte final, com o relato dos dias 3 e 4 está aqui.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *